Imprimir

 

 

Artigo. Revista GeoUSP.

Título: Território descontínuo paradoxal, movimento LGBT, prostituição e cafetinagem no sul do Brasil.

Autores: Marcio Jose Ornat e Joseli Maria Silva.

Ano: 2014.

Descrição: Este artigo discute a relação entre território descontínuo paradoxal, movimento LGBT, prostituição e cafetinagem no Sul do Brasil. Tal proposta relaciona-se a análise de conteúdo de 22 entrevistas realizadas com travestis que atuam na atividade sexual, mais 7 entrevistas com pessoas atuantes em ONGs que contemplam o grupo de travestis. Evidenciamos que a fluidez de conhecimento grupal se faz a partir de vários atores sociais, fluidez constituída segundo relações que se estabelecem entre travestis, organizações não governamentais e proprietárias de pensões para travestis, a partir de paradoxos e complementaridades entre atividades legais e ilegais. A multiescalaridade do fenômeno evidencia a posição móvel e indeterminada das relações, superando a noção de fixidez entre categorias, complexificando as relações entre os sujeitos e espaços.

Para download, clique aqui.